Inoar e Aussie – Testados e Aprovados!

Como vocês sabem estou sempre de olhos abertos para novos produtos. Eu já havia ouvido sobre a linha Aussie, mas não fui atrás. Encontrei em promoção e decidi comprar para testar:

Aussie - Linha Moist

  • O que achei: De longe um dos melhores produtos que já usei nas minhas perucas! O shampoo limpa bem sem ressecar e o condicionador é super hidratante.
  • O cheiro: Tem um cheirinho que eu chamaria de bem tropical. Lembra sorvete de coco.
  • Preço: Não é dos mais baratos, mas como só lavo minhas perucas a cada 3 semanas prefiro gastar mais em produtos bons, afinal as perucas são tão caras que é melhor cuidar bem delas, não? Paguei por volta de R$ 100 pelo shampoo e condicionador de quase 900 ml cada, e deve durar um ano, então R$ 100 pra um ano de shampoo e condicionador não é mal.

Minha prima me chamou para passear na Ikesaki (loja gigantesca de cosméticos em São Paulo) e eu pirei!!! Não comprei muitas coisas, mas AMEI essa máscara da Inoar!

Inoar Mask

  • O que achei: Uma das melhores máscaras que usei até hoje. Ela hidrata muito sem deixar os fios pesados. Precisei de relativamente pouco produto para hidratar bem o cabelo.
  • O cheiro: Não sou muito boa para descreve cheiros, mas posso falar que achei muito agradável, melhor ainda quando o cabelo seca. Fica sutil e cheirosinho.
  • Preço: R$ 30  – É um ótimo custo benefício. Também existe o pote grande que acaba saindo mais barato pela quantidade de produto.
Anúncios

3 comentários

Filed under Uncategorized

Quando contar que uso peruca?

Uma das perguntas que recebo com grande frequência diz respeito aos relacionamentos… :  “Qual a melhor hora para contar para aquele cara que uso peruca?”

Começar um relacionamento já não é fácil, e convenhamos fica muito mais difícil se já nos sentimos ‘imperfeitos’ como muitas vezes acontece com a alopécia.

O Discovery Home & Health está com um novo programa chamado “Além das Aparências”;  nele diversas pessoas com os mais diversos problemas corporais tentam encontrar um namorado ou namorada. Um dos rapazes não tem o ombro e braço direitos, uma menina tem hiperidrose (suor em excesso) e é claro, uma das participantes tem alopecia total.

Vendo o primeiro episódio reparei que a moça com alopécia não mencionou seu problema no encontro, e desviou de várias perguntas relacionadas com seu trabalho (Ela fundou uma ONG para pessoas com alopécia no Reino Unido). O rapaz que saiu com ela falou “Eu não sei, parece que ela está escondendo algo, não sei o que. Fiquei desconfortável.”

Já o rapaz que não tinha o braço não teve muito como esconder, mesmo com a prótese, quando a garota estendeu a mão direita para um aperto de mão e ele teve que cumprimenta-la com a mão esquerda. Logo de cara ele contou que perdeu o braço num acidente, e a garota aceitou super bem e eles saíram em outro encontro e pelo que parece as coisas vão bem.

Eu sou defensora de ser mais aberta sobre o assunto, mas sem chegar e falar “Oi meu nome é X e por sinal eu sou careca.” Isso assustaria qualquer um! Pessoalmente acho que se o assunto surgir é melhor não evitar ou mentir, mas também não vale falar isso do nada. Espere um momento oportuno no primeiro ou segundo encontro. É importante mostrar quem você é e não deixar a alopecia tomar conta de todos os aspectos de sua personalidade e pessoa. A aparência é um aspecto importante quando buscamos alguém para namorar mas não é tudo, num mudo de Tinder, seflies, facebook e etc fica fácil se esquecer disso.
Nada garante como a outra pessoa vai reagir. Tem gente que fica escandalizada, tem gente que não liga, tem gente que fica com dó, mas não se importa, pessoas que acha as perucas o máximo… cada pessoa reage de um jeito.

Uma coisa que eu não quero é estar cercada de pessoas que não me aceitam como sou, por isso tenho este ponto de vista. Acredito que cada uma se conhece melhor do que qualquer outra pessoa, então acho importante achar um equilíbrio entre dizer a verdade e se resguardar.

Qual sua opinião sobre o  assunto?

Para quem se interessou: Além das  Aparências (Love me, Warts and All) – Segundas à noite no Discovery Home & Health

6 comentários

Filed under Uncategorized

Double Blow – Mousse de Volume

Para os leitores que usam os seus próprios cabelinhos e querem dar mais volume para disfarçar falhas descobri um produto incrível: Double Blow da marca Lee Stafford. Entrei na loja Beauty Box e perguntei para a vendedora qual o melhor mousse de volume que ela tinha e ela recomendou este.

Comprei sem conhecer e acabei amando.

Para um efeito incrível de volume, aplique no cabelo todo após a lavagem, especialmente nas raízes. Seque o cabelo com escova redonda levantando as raízes. Depois de seco, para mais volume ainda, aplique uma segunda vez o produto e seque novamente. Dá um pouco de trabalho, mas compensa.

Onde comprei: Loja da Beauty Box no Shopping da Móoca em São Paulo, mas eles também vendem online.
Preço: R$ 42 (mas dura mais de dois meses)

1 Comentário

Filed under Uncategorized

Adesivos e Alergias

Um dos problemas que eu tive com as perucas e próteses coladas foi alergia aos adesivos. Testei diversas marcas e achei as ‘menos piores’ mas achei legal relatar este lado das perucas full lace e próteses capilares.

Como já mencionei várias vezes no blog, cada pessoa irá reagir de um jeito diferente, eu posso ter alergia a alguns produtos e você pode não reagir assim, por isso vale testar várias marcas e produtos diferentes até achar o que funciona para você.

 

 

A fita Supertape e Supertape Low Profile  que eu usei durante uns 3 meses causaram uma alergia muito grave e tive que parar de usar próteses coladas por alguns meses. Ela causou feridas abertas na minha pele bem dolorosas.

Depois disso passei a usar a Walker no Shine, gostei muito dela mas de vez em quando ainda causava uma reaçãozinha alérgica, mas nada tão severo quanto a Supertape. Foi a fita que durava mais tempo mas não a melhor em termos de alergia para mim.

A melhor em termos de alergia foi a Lace Front Support (uma que tem o papel azul clarinho e que vem em rolo ou tiras) – o legal, ela é mais barata que as outras, o não tão legal, não durava muito tempo colada (uns 4 dias no máximo) e não era tão resistente ao suor quanto a Walker no Shine.

Outra coisa que é importante avaliar é que se sua ‘alergia’ só aparece na nuca, pode não ser alergia!

Se a região da nuca onde a peruca fica colada ficar vermelha e irritada pode ser por causa da tração causada. O que resolveu isso para mim foi ancorar melhor a peruca em mais pontos de apoio (Simmm usar peruca tambem é engenharia rs rs); Como fazer isso? Em vez de usar só uma ‘faixa’ de fita na parte da nuca, eu usava duas. Colava uma tira na borda toda e 1cm para cima mais uma tira do comprimento da nuca, isso resolveu o problema para mim. É difícil de explicar aqui então fiz esse gráfico (peguei a foto da internet – não conheço nem recomendo a loja).

716249868_982

3 comentários

Filed under Uncategorized

Peruca embaraçada

Todas as usuárias de perucas já devem ter percebido que o cabelo na região da nuca vai ficando embaraçado ao longo do dia. Isso acontece com todas as perucas de cabelo natural, e me irrita muito! A minha peruca da Crown Wigs começou a fazer isso mais intensamente depois de 3 meses de uso, então perguntei para o pessoal da loja se eles tinham alguma recomendação (além dos cuidados que já tenho). Me recomendaram passar um spray de brilho no cabelo todo especialmente nessa parte da nuca, escovar bem o cabelo (que eu já fazia) e usar a peruca normalmente.
Comprei um spray de brilho, como consegui encontrar as marcas recomendadas comprei o único que achei e deu muito certo!
Passo-a-passo:

1. Delicadamente escove todo o cabelo da sua peruca.

2. Vire-a do avesso e passe o spray de brilho no comprimento do cabelo, dando atenção especial à região que fica em contato com a nuca e costas (não sature o cabelo demais)

3. Vire a peruca do lado certo e dê mais um jato de spray em todo o cabelo (Evitando as “raízes”).

4. Escove o cabelo novamente.

Faça isso toda vez que for usar a peruca.

Eu comprei este spray aqui de óleo de Ojon da marca Charming:

Charming Ojon

Encontrei por R$29,00 numa loja de cosméticos na minha cidade.

Não achei que mudou muito o aspecto de ‘brilho’ do cabelo, mas deixou ele mais macio e resolveu o problema dos nós na região da nuca, então estou feliz com minha compra.

Minhas únicas ressalvas com relação a este produto: Na hora da aplicação achei o perfume muito forte, mas depois passa e o cheiro fica agradável e achei um pouco caro por ser uma marca nacional não-profissional.

 

 

Deixe um comentário

Filed under Perucas, Produtos - Resenhas e recomendações

Peruquinha depois do corte!

Este post está um tanto atrasado, mas minha tendinite decidiu reaparecer então estou tendo que passar menos tempo no computador.

Quarta-feira dia 25 de Junho finalmente cortei minha peruca da Crown Wigs. Marquei horário no salão indicado pela Sr. Mendel, o L’Officiel com a cabeleireira Antonieta (especializada em cortar perucas).

Eu não sabia o que esperar! Iriam lavar a peruca e cortá-la molhada? O corte seria feito à seco? Iriam tirar a peruca da minha cabeça?

Chegando lá, a recepcionista me acompanhou até o segundo andar do salão e me indicou onde sentar. Lá conheci a Antonieta que em alguns instantes estaria cortando um cabelo que não vai mais crescer… ai que nervoso!

Antes do Corte

Antes do Corte

 

Com a peruca na minha cabeça a Antonieta passou um condicionador sem enxágue (maravilhoso por sinal) no cabelo todo e escovou para ver o que seria feito em termos de corte. Eu pedi que ela tirasse o mínimo possível do comprimento mas que tirasse todas as pontas duplas. Como as perucas da Crown Wigs vem sem corte tive esse problema de pontas duplas que estavam me irritando (o cabelo provavelmente veio com pontas duplas do doador), por isso decidi optar pelo corte apesar do medo de perder comprimento. O cabelo estava com uma ponta bem em “V” atrás e a cabeleireira achou melhor tirar essa ponta e preciso confessar que quando vi no espelho concordei com ela.

Pic, pic, pic – ela começa a picotar a parte de trás – eu só via cabelinhos voando… que medo!

Depois de algumas picotadas

Depois de algumas picotadas

A Antonieta trabalha com cortes de peruca há pelo menos 16 anos. Ela começou cortando a peruca de uma cliente que utilizava perucas por motivos religiosos, e assim foi se especializando. Ela tinha pelo menos umas 3 perucas lá! Uma havia recebido luzes, outra estava no processo de receber um penteado e outra havia sido cortada (Algumas clientes preferem deixar o cabelo para ser arrumado lá!). A maneira como a minha Crown Wig foi cortada foi diferente de tudo que eu já vi, mas é isso que fez a diferença!

O cabelo de perucas não tem o mesmo movimento do que um cabelo que cresce da cabeça, portanto o profissional precisa saber muito bem como uma peruca é construída para poder cortar o cabelo de forma que o resultado fique natural.

Após o corte com a cabeleireira Antonieta

Após o corte com a cabeleireira Antonieta

Não foi um corte rápido, levou quase uma hora, mas o resultado ficou divino. Sim, a peruca ficou mais curta (não tem como cortar e ficar do mesmo tamanho, né?!) e no começo estranhei a leveza, mas à medida que o cabelo foi se assentando comecei a perceber porque é recomendado cortar sua peruca na sua cabeça, o movimento fica mais natural, ele se adapta ao formato do seu rosto, pode ajudar a esconder umas características menos desejáveis (no meu caso o rosto rendondinho). A Antonieta sugeriu que eu usasse a peruca um pouco mais para cima na testa do que eu usava anteriormente e também sugeriu um leve volume em cima e quando ela ajeitou entendi o que ela quis dizer! Foi como fazer um lifting facial! Ela sabia do que estava falando!

 

Além de ter amado o corte adorei o fato de que não fiquei sem minha peruquinha por um instante sequer, ela ficou o tempo todo na minha cabeça! Eu já não ligo tanto pra isso mas sei como é importante para algumas pessoas.

Demorou uma semaninha para eu me acostumar com o cabelo mais curto, mas nessa uma semana percebi o cabelo bem mais macio, sedoso, sem pontas duplas e sem nenhum nó ou embaraçado.

 

Frente

Frente

Outro lado

Lateral esquerda

image(5)

Franja

Franja

Frente

Frente

Lateral

Lado direito

 

Resumindo: Super recomendo cortar sua peruca! Não tem nada como  um cabelinho cortado para você em você! Recomendo mais ainda a Antonieta, além de super especializada ela é muito profissional e gentil. E eu ainda tenho direito de voltar lá para uma revisão do corte!

Cabeleireira: Antonieta

L’Officiel III

Rua Oscar Freire, 667
Tel: 3062-4477

http://www.lofficiel.com.br/samba/

11 comentários

Filed under Informações úteis, Perucas, Produtos - Resenhas e recomendações

Pesquisadores de Yale Curam Alopécia Universal

Utilizando tratamento feito com medicamento para artrite reumatoide, pesquisadores da Universidade de Yale curaram um paciente de 25 anos que sofria de alopecia universal. Após 8 meses de tratamento o paciente teve crescimento do cabelo e da barba.

 

Antes do Tratamento

Paciente antes do tratamento

 

O medicamento utilizado no experimento foi o o Xeljanz (Citrato de tofacitinibe) descoberto e comercializado pela Pfizer. O medicamento foi criado para tratar pacientes com artrite reumatoide que não obtiveram bons resultados com outros tratamentos. Ele age como imunossupressor e anti-inflamatório agindo sobre uma enzima (Cinase de Janus). Assim como a artrite reumatoide, os casos alopecia areata, total e universal são também causadas por uma reação autoimune, portanto o sucesso do tratamento está ligado ao mecanismo de ação do medicamento.

A dosagem utilizada no experimento foi de 10mg/dia durante dois meses, seguido por um aumento na dose para 15mg/dia por mais três meses, totalizando 5 meses de tratamento. Ao final do tratamento o paciente havia recuperado o cabelo, sobrancelhas, cílios, pelos da axila e barba. Após mais 3 meses, o paciente teve recuperação total.  Foi descoberto também que o medicamento auxilia no tratamento de alguns casos de psoríase de placas.

Resultados iniciais

Resultados iniciais

O Xeljanz ainda não está disponível no Brasil, e depende da ANVISA aprová-lo ou não.   O  CMPH, Committee for Medicinal Products for Human Use (equivalente ao FDA na Europa), não aprovou a comercialização do medicamento devido aos altos riscos associados ao tratamento . A lista de possíveis efeitos colaterais é um tanto assustadora, compreendendo, dentre outros, a possibilidade de desenvolver alguns tipos de câncer, perfuração gastro-intestinal, e danos ao fígado, além de uma vulnerabilidade maior à infecções. Durante a pesquisa, tanto o paciente, quanto os pesquisadores negam qualquer efeito adverso tanto sintomático quanto laboratorial.

Paciente curado!

Paciente curado!

 

Mesmo sabendo dos efeitos colaterais, se o medicamento fosse aprovado no Brasil você o tomaria? Deixe sua opinião nos comentários!
Para saber mais recomendo os seguintes links:
http://www.dailymail.co.uk/news/article-2663086/Yale-scientists-successfully-use-arthritis-drug-regrow-completely-bald-mans-hair.html

http://www.scienceworldreport.com/articles/15548/20140619/arthritis-drug-reverses-alopecia-universalis-in-hairless-man.html

http://www.medscape.com/viewarticle/808497

http://veja.abril.com.br/noticia/saude/eua-aprovam-novo-remedio-para-artrite-reumatoide
 

13 comentários

Filed under Tratementos