O que faz você feliz?

Não tenho intenção nenhuma de promover marcas, mas a propaganda do Pão de Açúcar, que beira o irritante, me fez pensar. Para quem ainda não viu, o tema é “O que faz você feliz?”

A parte da letra que mais falou comigo é:

O que faz você feliz?
Você feliz o que que faz?
Você faz o que te faz feliz?
O que faz você feliz você que faz.

Realmente comecei a questionar o que me faz feliz, o que eu faço para ser feliz, e se faço essas coisas ou não. Também comecei a pensar: Quais aspectos da minha vida estão sob meu controle? O que me deixa triste, ansiosa e estraga minha felicidade que eu posso mudar? Como consegui aturar “X” situação até agora?!  E pensando nisso cheguei a algumas conclusões:

Frequentemente nos conformamos com uma situação desagradável por estarmos acostumados com ela. É engraçado como o ser humano odeia sair da sua zona de conforto, por pior que a situação seja! As vezes estamos tão presos em nossas rotinas que a ideia de fazer algo diferente parece ser a pior coisa do mundo.  Quantas pessoas não pensam : “Ah, meu emprego me faz infeliz. Mas não tem nada que eu possa fazer, tenho que continuar pagando as contas.”   É isso mesmo? É realmente assim? Não podemos procurar outro emprego? Não podemos apertar as contas aqui e ali e realmente seguir nossos sonhos?

Acreditem não estou numa posição financeira confortável (quem está, afinal?). Mas no momento que percebi que eu chorava todos os dias antes de ir para o trabalho, que eu não estava conseguindo dormir por causa de preocupação sobre o trabalho, que meu cabelo estava caindo mais e mais por causa do nervoso que eu passo no trabalho, minha criatividade se foi, minhas ideias se foram, a única coisa na qual eu conseguia pensar é quão infeliz eu estava. Eu estava deixando de ser eu! Percebi que era hora de tomar uma decisão.

Tomar a decisão de pedir demissão ou não pareceu me corroer por dentro, até que consegui bater o martelo. Decidi que não tem dinheiro no mundo que possa pagar pela minha paz de espírito e que eu não quero sentir que estou vendendo minha essência em troca de um salário e relativa estabilidade. Decidi pedir demissão sem ter nenhum outro emprego em vista foi corajosa e insana ao mesmo tempo. Quem faz isso hoje em dia?!

E agora?  Estou cumprindo o aviso prévio, economizando cada centavo que posso, e planejando o que vou fazer, estou pensando em trabalhar de freelancer, arrumando cartões de visita e correndo atrás dos meus sonhos, sei que pode não dar certo e posso acabar tendo que voltar ao mundo corporativo, mas eu acho que vale o risco, e é um risco calculado, mas um risco mesmo assim.

E você?  O que te faz feliz? Você tem feito o que te faz feliz?

Anúncios

5 comentários

Filed under Uncategorized

5 responses to “O que faz você feliz?

  1. Helo

    Me identifiquei com absolutamente tudo o que vc disse Mel!

    Gostar

  2. Ítalo Vinícius

    Também me identifiquei muito e é verdade, eu realmente saí de empregos que estavam me desgastando, porque eu sentia que minha vida ali estava sendo desperdiçada, um tempo maravilhoso que eu poderia usar para fazer algo que eu realmente me sentisse feliz…
    Os dias eram longos, chorava antes de ir ao trabalho e chorava depois que chegava porque sabia que não tinha vencido, teria que voltar… Até que fiz de tudo para ser mandado embora e fiz isso bem contente por sinal… E tudo começou a ficar melhor…
    Eu sou do tipo que não me conformo em fazer as coisas obrigado ou infeliz, prefiro enfrentar o peso das minhas decisões no percurso de ser mais feliz fazendo o que eu gosto do que realmente tendo que aturar algo que eu fico me perguntando várias vezes o porquê de eu estar ali e porque eu estou fazendo aquilo… =/

    Vai dar tudo certo, vai ver só! Pelos nossos sonhos colocamos toda a força e fazemos o inimaginável! Beijão

    Gostar

  3. Melissa Grant

    Buscar a felicidade de fato é algo que é válido ter em mente, a grande dificuldade é saber onde buscar ela. Há muitos itens desses que nem emprego, família, amigos, atividades que gostamos que participam da nossa felicidade mas acabam sendo mais ‘aditivos’ do que essenciais a ela; relembrando Lewis, é como se Deus tivesse colocado isso como pequenas hospedarias emocionais pra gente, mas ele nunca nos encorajaria a confundí-las com nosso verdadeiro lar.

    Pensar que isso por si só vai deixar a gente feliz é que nem tentar fazer um carro movido a gasolina mover a água. A água não deixa de ser importante no carro, mas a gente tem que saber usar do jeito certo =)

    Gostar

  4. Mel, você é muito com corajosa 🙂 Saber que existe pessoas no mundo igual a você me faz feliz 🙂

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s