Finalmente, um diagnóstico

Hoje recebi os resultados da biópsia que realizei a cerca de um mês.

(ontem)

Ando tendo sonhos que meu cabelo está voltando, estava até animadinha porque minhas sobrancelhas estão mais cheinhas e tal.

(hoje)

Depois de uma manhã atrapalhada no escritório fui ao médico. Estava até animada.

O médico abriu o envelope com o resultado, eu juro que ouvi os tambores, prrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr – Ansiedade

Ele começou a ler. – o mundo parou

Resultado – Alopécia Androgentética – Quase todos os folículos em estado terminal. Somente dois fios em toda a área da amostra, péssimo sinal.

(agora)

Algumas horas depois ainda estou tentando digerir esta informação.

Ainda não consegui nem chorar. Estou arrasada, um pouco anestesiada, muito triste.

(amanhã)

Espero me acostumar com essa ideia e me conformar em usar minhas peruquinhas até estar velhinha.

Anúncios

10 comentários

Filed under Uncategorized

10 responses to “Finalmente, um diagnóstico

  1. Helô

    Fica assim não, flor…
    Vc fica linda de peruquitas, e tem um cabelo novo quando quiser. Eu usava apliques de rabo e usava um diferente quase toda semana. Meu ex-supervisor vivia me elogiando, dizia que o homem que se casasse comigo tiraria a sorte grande pq teria várias mulheres diferentes a cada semana. KKKKKKKK

    Gostar

  2. Não sei o que dizer, mas entendo muito bem pelo que está passando. Eu não faço a biopsia com medo de ver o resultado.
    Não deixe de escrever… por favor.

    Gostar

  3. Ana

    ;( Um diagnóstico desses dá cabo de qualquer pessoa, mas agora há que ter esperança e não desanimar. Ficas mt bem com os teus cabelos falsos e já dominas todas as técnicas e já as estás a partilhar com todo o mundo que fala português além fronteiras, por isso não te vás a baixo. A questão do cabelo é mt importante, tanto mais para nós mulheres, mas os cabelos falsos temos uma alternativa! Temos de pensar que há coisas bem piores e que não têm resolução, como doenças mt mais graves, por exemplo. Não desanimes e continua a escrever e mostrar os teus novos visuais para seres exemplo para outras pessoas, pelo menos para mim já és! Mt força nesta hora mt má!
    Ana de Portugal.

    Gostar

  4. Karem

    Vc poderia me passar seu msn? Vi em alguma publicação, mas estou com preguiça de ler tudo novamente para procurá-lo. Também sofro dessa coisa chata de alopecia.

    Gostar

  5. Olá,sou tricoterapeuta formada no Hospital do Cabelo,sou legalizada na profissão,faço parte da ATT(associação dos tricoterapeutas do Brasil),sou presidente do confistri-BR(conselho Fiscal brasileiro de Tricoterapia),agora que vc já sabe qual a tricopatia que vc tem,procure um profissinal para começar um tratamento,sem dor,vai cuidar de vc como um todo,entre nos site da ATT,do Confistri,tem um blog muito bom,saudecapilaremfoco.Boa sorte

    Gostar

  6. natália

    oi! encontrei teu site hoje, e gostei por demais!
    vou comprar uma full lace, porque tenho tricotilomania… nao tenho cabelo na frente, pois arranquei todos! e=mas atras eu tenho…na verdade eu nao gosto do meu cabelo, e estou na maior duvida se eu raspo ele todo pra ficar usando a full lace ou se deixo bem curtinho.. tipo uns 20cm ou menos.. ou mais.. nao sei!
    gostaria de saber oq voce acha? por favor me ajuda!
    mt obrigada bjos!

    Gostar

    • Mel

      Oi Natália…

      Se você não tem cabelos na frente, eu votaria por raspar o que resta. Pode parecer radical, mas o nível de conforto das full lace wigs com o cabelo raspado é MUITO maior. Não passo calor nem coceiras. Recomendo raspar somente depois de comprar e se adaptar à peruca, para não se arrepender, e somente quando tiver 110% de certeza, pois demora muito pra crescer!
      Na hora de raspar tb recomendo usar uma máquina daquelas de cabeleireiro (prefiro as com fio pois as com bateria podem causar um penteado um tanto inusitado se a danada da bateria decide acabar bem no meio do corte hehehe (ja aconteceu comigo!)) Não use lamina de barbear pois faz os cabelos encravarem e é um horror!!!

      Bjs!

      Gostar

  7. Patricia

    Oi Mel. Também tenho o mesmo problema, sei bem o que você passou quando descobriu. Força, amiga! O meu sonho era fazer implante, mas não tenho condições financeiras. É difícil imaginar uma vida sem cabelos, mas como disse outra pessoa no post acima, há doenças muito, muito piores. Fica com Deus e continue com seu blog, que ajuda tanto nós mulheres que sofremos com esses problemas. Abração!

    Gostar

  8. Gabi

    Ola Mel, tenho alopecia desde que nasci….mas so descobri as proteses capilares no começo do ano passado. Ja comprei 2 no valor de 2,300 cada uma, pois as minhas na parte de tras sao de silicone e na parte da frente sao de tela….porém gostaria de saber de outras alternativas mais baratas. Onde voce compra as suas??…elas sao inteiras de tela ou tem parte de silicone.
    Gostei muito do seu blog
    bjs

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s